Foto: Vale a pena investir em imóveis para vender ou alugar?

Categorias: Investimento, Mercado Imobiliário, Pindamonhangaba,

Vale a pena investir em imóveis para vender ou alugar?

Postado por • 13 setembro 2017

O mercado imobiliário brasileiro continua sendo um setor altamente valorizado e muitas pessoas estão pensando em aplicar o seu dinheiro no ramo, especialmente por ser uma área que costuma sofrer menos com as crises e turbulências econômicas. Diante desse contexto, é importante saber se vale a pena investir em imóveis para vender ou alugar.

As duas alternativas têm características peculiares, que podem atender melhor a determinados perfis de investidores. E você? Também está na dúvida? Ficou interessado e quer aprender um pouco mais? Então não deixe de conferir o conteúdo que preparamos a seguir.

Custos e despesas de comprar

Antes de pensar em alugar ou revender, você precisa investir em imóveis. Para fazer isso do jeito certo, é fundamental avaliar os custos e despesas que envolvem essa aquisição. Independentemente da finalidade, você precisará arcar com alguns custos envolvidos no processo.

O valor à vista, por exemplo, pode ser impeditivo para muitas pessoas. Mesmo que você consiga um financiamento, é fundamental analisar se as prestações cabem no seu bolso, sem menosprezar os juros envolvidos.

Além disso, considere os impostos necessários para emitir a documentação da propriedade e as despesas de IPTU e condomínio, caso a casa ou apartamento fique desocupado por um tempo.

Por quanto devo alugar hoje para que seja rentável

A locação de imóveis é uma boa ideia para quem deseja ter um complemento de renda e ainda quer esperar uma valorização do mercado. Da mesma maneira que você aplica um montante em aplicações financeiras, rentabilizando a uma taxa, a sua propriedade também estará rentabilizando em forma de aluguel.

O rendimento mensal com o arrendamento costuma ficar entre 0,5% e 1,5% do valor total da unidade. Já a renda fixa rentabiliza cerca de 0,5% ao mês (6,2% ao ano). Sendo assim, o valor adequado para receber do seu inquilino para valer a pena teria que ser maior que 0,5%. Caso contrário, pode ser interessante pensar em vender para aplicar o dinheiro.

O cenário para quem vende um imóvel

O cenário atual pode não ser o mais indicado para vender um imóvel, pois estamos vivenciando um período subjacente a uma crise econômica.

No entanto, você deve considerar quando uma proposta boa chegar à sua mesa. Ainda que um comprador em potencial ofereça uma quantia abaixo da de mercado, ela pode ser vantajosa em médio prazo.

Considere, por exemplo, se o dinheiro investido a uma taxa de cerca 6,2% ao ano (renda fixa) traria o retorno necessário para cobrir os gastos com a manutenção, IPTU e outras despesas inerentes à propriedade. Se a resposta a essa pergunta for positiva, talvez seja uma boa ideia aceitar a negociação.

A decisão adequada para você

Como vimos, é preciso fazer uma análise inicial e, somente então, você poderá tomar uma decisão adequada diante da sua realidade. O mercado imobiliário é seguro, mas como nossa economia é imprevisível, você pode vender por uma quantia discreta e a unidade acabar se valorizando em pouco tempo.

A sua decisão deve depender de diversos fatores, como a sua situação financeira no momento, uma eventual necessidade de dinheiro imediato, seus planos em longo prazo e as ofertas que chegarem à sua mesa.

E agora, mais preparado para investir em imóveis? Então conheça o Maximus Residence, primeiro empreendimento de alto padrão em Pindamonhangaba. Uma ótima opção para quem busca imóveis valorizáveis!

Quer Receber nossas novidades?

ar