Foto: Limite de FGTS para investimentos imobiliários sobe para R$ 1,5 milhão

Categorias: Novidades,

Limite de FGTS para investimentos imobiliários sobe para R$ 1,5 milhão

Postado por • 07 março 2017

Adquirir imóveis é sem dúvidas um grande investimento financeiro, seja para morar ou para desenvolver um negócio. Porém, o primeiro passo requer uma organização financeira, fazer economias e garantir o montante necessário para a entrada e as parcelas do contrato. O investidor pode optar por várias estratégias para conseguir o valor, encontrando inclusive muitas facilidades no mercado. E uma delas é o financiamento pelo FGTS, que acaba de se tornar uma escolha ainda mais prática e vantajosa.

O proprietário poderá contar não só com aquele dinheiro extra das contas inativas, mas também com um aumento disponibilizado pelo governo no limite para investimentos imobiliários. O valor, que era de até R$ 950 mil de acordo com o Estado, agora passa a R$ 1,5 milhão em todo o Brasil. Mas há uma ressalva: esse novo limite fica disponível só até dezembro de 2017. Ou seja, quem quiser aproveitar deve agir ainda esse ano.

Que tal entender melhor como funciona esse processo para não perder a oportunidade?

Regras Gerais

Antes de conhecer as novidades do novo limite, é importante saber as regras gerais do uso do FGTS nos investimentos imobiliários. Há algumas ressalvas que devem ser seguidas e, entre elas, destacamos os seguintes itens:

  • Ter no mínimo três anos de trabalho em carteira assinada sob regime FGTS;
  • Não ter outro imóvel no município de trabalho e/ou residência;
  • No caso de imóvel fracionado, é possível adquirir outro imóvel por FGTS se a fração do anterior for de até 40%;
  • O comprador deve trabalhar e/ou morar nos limites da cidade do imóvel a ser adquirido há pelo menos um ano.

As informações completas podem ser acessadas na sessão de dúvidas do site do FGTS: www.fgts.gov.br/perguntas/trabalhador/pergunta46.asp

As condições do novo limite

Já informamos que o prazo para utilizar o limite de R$ 1,5 milhão só vale para 2017. A transação começou a valer no dia 20 de fevereiro e vai até 31 de dezembro. O montante do FGTS está disponível em todo o território nacional, o que permite que todos os brasileiros possam se beneficiar, mas os recursos só poderão ser usados para cobrir até 80% do valor de cada parcela do investimento. Mais uma vantagem é que as taxas de juros ficarão mais baixas para aquisições realizadas nesse período.

Quem já possui um imóvel também pode se beneficiar do FGTS, utilizando o saldo para quitar as parcelas que porventura estejam atrasadas. O interessante é que, se antes essa opção era válida para apenas três parcelas, agora está disponível para até doze delas. Adequa-se às regras quem tem financiamento pelo Sistema Financeiro de Habitação, seguindo os valores estabelecidos para cada estado. Em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, por exemplo, o imóvel não poderia ultrapassar R$ 950 mil.

Se você tiver dúvidas, estamos disponíveis para ajudá-lo. Entre e contato e aproveite para conhecer nossas opções de imóveis: www.ekoincorporadora.com.br

Quer Receber nossas novidades?

ar