Foto: Mercado imobiliário e as perspectivas de crescimento

Categorias: Finanças, Investimento, Mercado Imobiliário, Negócios,

Mercado imobiliário e as perspectivas de crescimento

Postado por • 19 outubro 2017

O ano de 2016 não foi muito bom para os setores da nossa economia. Porém, com a chegada de 2017, as perspectivas do mercado começaram a sinalizar uma melhora. Todas as áreas estão prevendo um crescimento e as chances de sucesso só aumentam. Em meio a esse cenário, o mercado imobiliário está oferecendo várias oportunidades de novos negócios.

Com imóveis mais baratos e em grande quantidade, você pode encontrar a opção ideal para a sua família. Antes de tomar uma atitude, você deve entender o crescimento do mercado imobiliário para não cair em armadilhas contratuais.

Leia este post com muita atenção e descubra quais fatores estão colaborando para essa situação!

Queda da inflação

A inflação é um critério econômico que determina a variação de preços dos produtos. Quando ela está elevada, o poder de compra da população é reduzido, diminuindo a circulação de mercadorias e de capitais.

Apesar de ter passado por um período de alta nos últimos anos, a inflação no Brasil começa a cair, como mostra o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Sendo assim, você pode aproveitar esse momento para fechar negócio com uma construtora e mudar-se para o imóvel dos seus sonhos!

Diminuição da taxa de juros

A taxa de juros é um dos grandes vilões que assombram os orçamentos financeiros das famílias brasileiras. Com o crédito reduzido, muitos não encontram opções para financiar ou negociar a aquisição de um imóvel.

Para 2017, a taxa de juros tem uma previsão de 11% e tem tudo para ser reduzida ainda mais nos próximos anos. Como consequência, é possível injetar mais capital na economia e retomar o caminho do crescimento.

Crescimento do Produto Interno Bruto

O Produto Interno Bruto (PIB) é a soma de todas as riquezas produzidas no Brasil e pode ser considerado como um termômetro para o desempenho da economia. Quando o PIB é positivo, os setores produtivos brasileiros estão em alta e o mercado imobiliário pode se beneficiar dessa situação.

Com mais dinheiro circulando, você tem mais opções de compras e pode negociar melhores condições de pagamento. Além disso, as construtoras ficam animadas e oferecem imóveis adequados às suas necessidades e cada vez mais modernos.

Otimismo do Fundo Monetário Internacional

O Fundo Monetário Internacional (FMI) é um dos grandes influenciadores do mercado financeiro internacional. Como ele é uma instituição que dita tendências mundialmente, todas as suas previsões são essenciais no desempenho de qualquer setor da economia de um país.

Com uma previsão de aumento do PIB em 0,2%, as oportunidades do mercado imobiliário tendem a crescer. Por mais que esse valor seja pequeno, quando analisado mais profundamente, ele pode refletir em resultados extremamente positivos para uma economia em recessão como a nossa.

O mercado imobiliário sofre constantes oscilações, podendo enganar uma pessoa despreparada. Para fazer uma escolha adequada às suas demandas, lembre-se dos tópicos citados neste post e encontre um apartamento de alto padrão para a sua família.

Mas atenção! Tome cuidado com a empresa responsável é de confiança. Descubra como escolher um imóvel construído por uma construtora de qualidade!

Quer Receber nossas novidades?

ar