Foto: Afinal, devo investir em imóveis para alugar ou revender?

Categorias: Mercado Imobiliário,

Afinal, devo investir em imóveis para alugar ou revender?

Postado por • 03 maio 2017

Tradicionalmente, os brasileiros veem o investimento em propriedades como uma aplicação sólida e segura. É verdade que esse tipo de aquisição pode trazer tranquilidade e bons rendimentos ao investidor.

Mas surge aquela dúvida frequente: é melhor investir em imóveis para alugar ou para revender?

Quem opta por alugar pode garantir uma renda para o resto da vida, enquanto quem revende consegue se aproveitar da valorização do imóvel. De qualquer maneira, ambas as opções possuem suas particularidades e você deve conhecê-las melhor antes de investir. Acompanhe a nossa análise!

Custos e despesas

Quem compra um imóvel, independentemente da finalidade, precisa arcar com os custos envolvidos no financiamento e impostos necessários para emitir a documentação da propriedade. Em seguida, caso deseje revender, os custos, normalmente, serão pagos por quem adquirir o imóvel.

Se decidir ficar com ele, o proprietário precisará pensar nas despesas de IPTU e condomínio, caso o imóvel fique desocupado por um tempo. Enquanto a propriedade estiver alugada, obviamente, essas despesas ficam a cargo do locatário.

Caso o investidor decida utilizar os serviços de uma imobiliária para administrar o contrato de aluguel, pode esperar pagar uma taxa em torno de 10%.

Retorno do investimento

O rendimento mensal com aluguel costuma ficar entre 0,5% e 1,5% do valor total do imóvel. No entanto, além da quantia recebida em aluguéis, quem investe em imóveis, provavelmente, vai ganhar também com a valorização do bem.

Especialmente para imóveis bem localizados, com acabamento de alto padrão e planta funcional, a valorização tende a se manter em alta mesmo durante períodos de recessão econômica.

Vantagens e desvantagens

Para quem decide investir em imóveis para aluguel, o tempo de retorno pode ser um pouco mais longo do que na revenda. Em contrapartida, existe um potencial para que a propriedade continue gerando rendimentos por muitos anos.

Já quem prefere investir em imóveis para revender pode ter um retorno rápido sobre o investimento. Para extrair melhores resultados, no entanto, o investidor precisará conhecer as variáveis do mercado imobiliário para apostar em empreendimentos com grande potencial de valorização.

Os riscos do aluguel residem no fato de que o imóvel pode ficar desocupado por um tempo, gerando despesas para o proprietário, além da possibilidade de inadimplência.

Na revenda, o risco de desvalorização é mínimo, mas pode acontecer, caso seja feita uma mudança negativa no bairro ou no entorno da construção.

De qualquer maneira, tanto quem investe em imóveis para aluguel quanto para revenda, provavelmente, conseguirá proteger o seu dinheiro da inflação.

Como fazer a melhor escolha

Como você viu, os 2 tipos de investimentos têm potencial para serem rentáveis. A escolha depende do perfil do investidor, do prazo de retorno esperado e das metas para o futuro.

É recomendável que o investidor alugue o seu imóvel por um tempo, até que ele se valorize o suficiente para fazer da revenda a melhor opção.

De toda forma, para que o investimento em imóveis para alugar ou para revender seja rentável, você deve fazer escolhas inteligentes. Opte por construtoras confiáveis, que entregam empreendimentos com alto padrão de qualidade e estejam dispostas a assessorá-lo quanto ao melhor investimento.

E você, o que acha do investimento em imóveis? Já realiza ou pensa em fazer esse tipo de aplicação? Então deixe seu comentário e participe da discussão!

Quer Receber nossas novidades?

ar