Foto: Veja 4 erros de iluminação em apartamentos e saiba como evitá-los

Categorias: Arquitetura e Decoração,

Veja 4 erros de iluminação em apartamentos e saiba como evitá-los

Postado por • 23 fevereiro 2017

Para criar uma boa iluminação, é importante planejar cada detalhe durante a decoração do apartamento. E essa não é uma tarefa simples — tanto que os erros de iluminação são frequentes e podem causar muita dor de cabeça.

Por isso, é importante ter em mente que a iluminação é uma peça-chave no projeto de decoração. Afinal, a partir dela será possível criar ambientes eficientes e aconchegantes.

Neste post, você vai conhecer os principais erros cometidos e saber como evitá-los. Acompanhe!

1. Não definir a finalidade do ambiente

Antes de qualquer coisa, é preciso definir se o espaço será utilizado para leitura, para descanso ou para receber visitas, por exemplo. Dessa forma, erros simples podem ser evitados, pois a iluminação estará adequada para o ambiente e as suas respectivas atividades.

Por exemplo: se você pensou em um cantinho para a TV ou para o escritório, nada de optar pela iluminação refletora. Com ela, os fachos de luz ofuscam as imagens do televisor ou do computador, causando bastante desconforto.

Veja outras projeções que precisam de atenção redobrada:

  • no banheiro: cuidar para que a luz não faça sombra e atrapalhe o barbear ou a maquiagem;
  • na cozinha: o local do preparo dos alimentos e as bancadas usadas para refeição precisam estar iluminados;
  • na sala de estar: o ambiente é ideal para a disposição de abajures e de luminárias de chão, que dispensam instalação e ainda auxiliam na decoração.

2. Não saber escolher as lâmpadas

Um pecado bastante comum de quem está prestes a concluir o projeto de decoração do seu empreendimento é pensar que a escolha da lâmpada é o que menos importa. Aliás, esse pode ser um erro crucial, pois lâmpadas de má qualidade não proporcionam uma iluminação eficiente. Além disso, elas precisam ser trocadas mais rapidamente.

Atualmente, as lâmpadas fluorescentes compactas e as de LED são consideradas mais duráveis e com menor consumo de energia. Elas podem ser encontradas em variadas cores, que vão das brancas até as amareladas.

Mas é importante se lembrar de que apenas as lâmpadas de LED dispõem de modelos que aceitam dimmer. Com ele, é possível controlar a intensidade da luz nos ambientes, diminuindo a utilização de abajures e de luminárias.

3. Não se importar com as cores ideais

Não dá para errar na escolha da cor de iluminação dos ambientes. Afinal, uma cor vibrante para o quarto pode custar uma sequência de noites maldormidas.

Então, se o quarto é o lugar essencialmente para descanso, são recomendadas as cores quentes, em tom amarelado. Elas imitam o pôr do sol, causando sensação de conforto e de bem-estar. Por isso, são indicadas também para a sala de estar.

Já para os cômodos como a cozinha e o escritório, que tal escolher luzes mais azuladas? São elas que deixam o ambiente mais propício às atividades que merecem mais precisão e atenção.

4. Não escolher o lugar certo para as luminárias pendentes

As luminárias pendentes são excelentes para clarear o que está sendo servido numa sala de jantar assim como para melhorar a visão entre os que estão sentados. No entanto, elas podem ser bastante incômodas se instaladas em locais de passagem ou em áreas abertas.

Além de atrapalhar o caminho e de causar acidentes, as peças podem ficar danificadas pela ação do tempo. Portanto, elas geralmente devem ser colocadas sobre a mesa, e apenas em determinados pontos da casa.

Mas é importante ficar atento à instalação. Para não atrapalhar a visibilidade das pessoas, é bom manter a distância mínima de 90 centímetros entre a base inferior da luminária e o tampo da mesa.

Outra dica importante é levar em consideração o material da mesa. Se o tampo for de vidro ou espelhado, as luminárias devem emitir luzes para cima, a fim de evitar os reflexos.

Com todas essas dicas, vai ficar bem mais fácil acertar no conjunto de luzes ao decorar o apartamento, não é mesmo? Se você gostou deste post sobre os principais erros de iluminação, curta a nossa página no Facebook e acompanhe as nossas atualizações!

Quer Receber nossas novidades?

ar